A cidade de São Paulo teve ontem (quinta-feira) a segunda maior temperatura registrada na História. O calor foi de 37,1 graus centígrados, e a sexta não ficou atrás. Um homem foi limpar as mãos com álcool gel e entrou em combustão espontânea.

Clientes que pediram sashimi por delivery reclamaram porque seus pedidos chegaram na forma de moqueca.

A suspeita é que a onda de calor pode ter sido causada por brasileiro abrir as portas do inferno na última eleição.