Bolsonaro sancionou hoje uma lei mais dura para quem for pego agredindo cães e gatos. A pena será de dois a cinco anos de cadeia.

Enquanto isso, animais no Pantanal são queimados vivos por causa de decisões políticas do presidente, que encolheu o Ibama, desmontou o Inpe e colocou no Meio Ambiente um sujeito que estimula queimadas e desmatamento.

“A solução agora é mandar nossos cães e gatos para o Pantanal”, disse um ecologista. “Se bem que, conhecendo a sanha dos amigos pecuaristas do Bolsonaro, é capaz deles passarem a vender churrasco de gato”.