O preço do arroz continua nas alturas e o produto está até em falta. O que fazer para completar o prato mais brasileiro de todos? Não sabemos. Talvez mudar de país. Ou buscar um governante mais comprometido com o bem estar de seu povo do que em salvar a sua pele e de seus filhos trambiqueiros e de espalhar mentiras venais contra inimigos políticos.

Então, como substituir o presidente? Se você não quer esperar até 2022, pode se organizar com os movimentos sociais e partidos políticos de oposição de sua região para sair às ruas. Não custa nada e deixa um ótimo sabor de cidadania na boca.

Você pode também se envolver mais em política, estudar História na internet usando fontes confiáveis e espalhar conhecimento. Não custa nada! Estimular o conhecimento e a ciência farão com que pessoas que você ama não caiam em buracos negros do pensamento e passem a defender a tortura e vassalismo às leis do “mercado” num país miserável na periferia do capitalismo!

É fácil, gente!