Bolsonaro recusou a proposta de Paulo Guedes de tirar programas sociais para engordar o Bolsa Família e trocar seu nome para Renda Brasil. De olho na eleição e contando com a memória curta do brasileiro, ele quer passar o auxílio de 190 para 300 reais.

O objetivo é fazer com que o brasileiro se esqueça dos cheques de 89 mil na conta de Michelle. Segundo infectologistas, isso pode diminuir a imunidade do sofrido trabalhador brasileiro, que pode acabar se reinfectando com o bolsonarismo em 2022.

Bolsonaro também relançou o Minha Casa Minha Vida, agora chamado Casa Verde e Amarela. Cada imóvel do programa terá um cômodo para esconder o Queiroz e já virá com as paredes rachadinhas.