Jair Bolsonaro, suspeito de movimentar dinheiro de origem suspeita com ajuda do ex-amigo preso Fabrício Queiroz, ameaçou hoje bater em um repórter de O Globo. “Vontade é encher sua boca de porrada”, disse.

Bastante agitado, o suspeito fugiu do local e não cumpriu a ameaça.

‘Quem diria que alguém que ameaçou bater numa deputada seria capaz disso’, disse ninguém.

Espera-se que o brasileiro, depois de mais essa, resolva dizer a ele: “Vontade de encher a urna de voto contra você”.