Os clubes estão em negociação sobre o direito de transmissão do coronavírus nos estádios de futebol. A disputa começou com a MP do presidente Jair Bolsonaro que deu ao mandante do campo a liberdade para negociar com emissoras.

Com a chegada do brasileiro, os clubes se animaram. Essa não será a única novidade: o brasileirão desse ano pode incorporar a morte súbita.