O Brasil acordou chocado com a resposta de um casal a um fiscal de vigilância sanitária do Rio de Janeiro quando um deles foi chamado de “cidadão”. “Cidadão não, engenheiro civil. Melhor que você”.

Na realidade, apenas parte do país acordou chocado. Uma outra parte, no palácio do Planalto, passou a mão no telefone logo de manhã e ligou para a mulher do vídeo para lhe oferecer o cargo de ministra da Saúde.

“Está alinhadíssima conosco”, disse o presidente.

O casal de engenheiros acabou sendo responsável por erguer o mais novo monumento à ignorância da sociedade brasileira.