No primeiro dia da reabertura dos bares no Rio de Janeiro, as imagens de uma multidão compacta na rua Dias Ferreira, uma das mais caras do mais caro bairro do Brasil, o Leblon, levaram cientistas a dizer que o pico da curva da ignorância foi alcançado no país.

O pico da curva do egoísmo foi alcançado ao mesmo tempo.

Os bares entraram na onda e serviram drinks de cloroquina e remédio para vermes — este último, um sucesso entre os moradores do bairro.

Segundo alguns teólogos, Deus está perdendo uma ótima oportunidade de mostrar que existe.