O ex-presidente Lula disse que não vai assinar o manifesto Juntos Pela Democracia porque não “tem mais idade para ser maria-vai-com-as-outras”.

Como fez na eleição de 2018, Lula e o PT são o gargalo onde uma frente democrática ampla contra as tentativas de golpe de Jair Bolsonaro não passa.

Depois do “Lula Livre”, setores da esquerda já pensam em montar o “Nos Livre do Lula”.

Lula disse que não lançaria seu próprio manifesto porque seria acusado de roubar a ideia. Ele disse que só assina abaixo-assinados com uma assinatura.

Ele criticou a cobertura da imprensa. “Todo mundo sabe que odeio cobertura”