Os exames de Jair Bolsonaro finalmente saíram: ele não teve COVID-19.

Outro teste feito por Bolsonaro todos os dias desde 2019 é o de estadista e líder de um país em crise econômica e social. O resultado todos os dias tem sido negativo. Extremamente negativo.

Já o teste para genocida dá positivo todos os dias desde que a crise do coronavírus começou.

O último resultado negativo foi dizer que o vírus que tem matado 10% dos idosos e que se espalha numa velocidade jamais vista é “histeria”. Ele já pensa em demitir o segundo ministro da Saúde por cometer o disparate de respeitar a medicina. “Não orna com o nosso governo, tá ok?”, disse.

Adversários do presidente já começam a bolar slogans. Um dos mais ditos é “Melhor Jair Renunciando”.