Ferido. Trocado. É assim que o nióbio de sente depois que a cloroquina ganhou o coração de Bolsonaro. Fã de heavy metal, o elemento tem passado os dias ouvindo música sertaneja e amaldiçoando Bolsonaro.

“Ele se empolgou mas pode sofrer uma decepção mas não adianta me procurar porque eu não vou estar de braços abertos esperando por ele”, disse o nióbio.

Nada que já não tivesse acontecido antes. “Ele já tinha se empolgado pelo Trump mas eu fiz vista grossa. Agora acabou”.