O presidente Jair Bolsonaro afirma que não está infectado pelo coronavírus mas não mostra os exames negativos que diz ter feito. A Folha de S. Paulo descobriu que o hospital das Forças Armadas que testou 17 pessoas da comitiva presidencial não liberou o resultado de duas pessoas – entre elas, Jair Bolsonaro.

A OMS usou a situação para lembrar às pessoas que fiquem mais escondidas que o exame de Bolsonaro. E que lavem mais as mãos do que ele tem lavado diante da carnificina que o coronavírus poderá causar entre as populações mais pobres.