O governo Bolsonaro e de Paulo Guedes vem cortando o acesso de novas famílias ao Bolsa Família e também o recadastramento de famílias que já usam o benefício. Segundo reportagem do Estado de S Paulo, 3,5 milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade social estão na fila, o que já vem levando a rede de seguridade social de pequenos e médios municípios do país a entrar em colapso.

São pessoas que recebiam em média 200 reais por mês para comprar comida. Essas pessoas vão passar pelo incômodo de deixar de pular o Carnaval para pular por sobre a linha da pobreza extrema e voltar a passar fome.

Centenas de pessoas extremamente ricas há várias gerações comemoraram porque o mercado ficou feliz.

A sujeira de sua festa será limpa por faxineiros bisnetos de escravos.