O ministro da Economia Paulo Guedes declarou que a alta do dólar é boa porque “empregada doméstica estava indo para a Disney, uma festa danada”. Ele lançou o programa de humilhagem aérea. Num último exame de rotina, o cardiologista de Guedes descobriu que ele não tem coração. Também se suspeita que a bolsa de colostomia de Bolsonaro tenha sido ligada à sua boca sem querer.
O ministro anunciou que quer lançar a nova CPMF, sigla para Contribuição do Pobre que vê o Mickey nas Férias. A empregada de Paulo Guedes, ao contrário do patrão, quer que ele tenha o direito de ir para a puta que o pariu.