A ativista ambiental sueca Greta Thunberg foi chamada de “pirralha” por Bolsonaro nesta semana, algo que não geraria manchete alguma devido ao nível de frases idiotas proferidas pelo presidente. O destaque veio quando a estrela da campanha contra o aquecimento global usou a palavra em sua “biografia” no perfil do Twitter.

Logo depois, quem se pronunciou foi o primeiro-ministro sueco, Stefan Löfven, que chamou o PIB brasileiro de “pirralho”. “Não cresce e enche o saco de 210 milhões de pessoas”, disse. A Suécia cresceu 5% em 2017 e 2,3% em 2018.

Juristas já afirmam que ser zoado tão lindamente por uma adolescente de outro país pode ser razão para começar um processo de impeachment contra Bolsonaro.