Há exatamente um ano, acontecia o segundo turno das eleições presidenciais. Jair Bolsonaro e Fernando Haddad se enfrentaram e o primeiro levou a disputa com 57,7 milhões de votos. Há um ano, o Brasil voltava 54 anos no tempo.

Curiosamente, quase 30% desses 57 milhões estão desaparecidos desde então. A cada vez que algum membro da família aparece envolvido com laranjas ou o Queiroz aparece oferecendo cargos, somem mais alguns.

Cientistas estudam casos de pessoas que acompanham o noticiário e, um ano após a eleição, envelheceram 10 anos.

O dia 28 de outubro também entrou para o calendário nacional como o Dia da Mamadeira de Piroca.