Jair Bolsonaro escolheu ontem o próximo Procurador Geral da República que vai substituir Raquel Dodge. O advogado baiano Augusto Aras foi escolhido da lista tríplice de Bolsonaro: boi, bala e Bíblia.

Quando foi arrumar seu escritório na manhã de hoje, Aras tomou um susto: encontrou o ex-assessor da família Bolsonaro Fabrício Queiroz engavetado num dos armários da sala.

A gaveta de Queiroz era bastante ampla e confortável. Contava com pista de gravar suas dancinhas e uma mesa para ele trabalhar no escritório do crime.