O governador de São Paulo, João Doria, ordenou o recolhimento de livros de ciência de alunos do 8º ano que explicava conceitos de sexo biológico, identidade de gênero e orientação sexual. O material também traz orientações sobre gravidez e doenças sexualmente transmissíveis.

Doria disse que a apostila é um “erro inaceitável”. A bronca de Doria é porque o material não abordava pessoas que, como ele, não se encaixam nas definições de gênero disponíveis na apostila. “Quem usa cashmere no ombro pode ser chamado de heterossexual? Em muitas culturas, não. Acho preconceito não terem aberto espaço para essa sexualidade mais extravagante e ao mesmo tempo flutuante”, disse.

Outra proposta de Dória é o programa Cashmere Street Lifestyle, que entregará para cada morador de rua cadastrado no programa um cashmere e promete acabar com o frio dessas pessoas.

“Ele [o morador de rua] deverá entrar no nosso site e se cadastrar para receber o produto. O site é responsivo e poderá ser acessado por celulares e tablets, garantido a inclusão. Como eles não possuem comprovante de residência, basta colocar um ponto de referência e acompanhar a entrega em tempo real, utilizando um GPS” finalizou.