O presidente do STF, Dias Toffoli, suspendeu a tramitação de casos que tenham usado dados do Coaf sem autorização judicial. Com isso, a investigação sobre os possíveis laranjas do senador Flávio Bolsonaro foi parada.

Na sentença, Toffoli se distraiu e escreveu “Tá ok?”. A assessoria do ministro divulgou uma nota afirmando “Brasil acima de tudo, Justiça acima de todos”.

Queiroz dançou para comemorar.