A universidade de Harvard anunciou hoje a criação do doutorado em fake news para políticos brasileiros. O anúncio aconteceu logo depois que O Globo revelou que o governador do Rio mentiu em seu currículo ao dizer que havia estudado na instituição.

Não é o primeiro aliado de Bolsonaro a inflar seu currículo. O ministro do meio ambiente também informara ter estudado em Yale. Em outro caso, uma professora foi condenada a devolver recursos por não ter feito um pós doutorado em Harvard como havia anunciado.

O doutorado em Fake News de Harvard por ser também uma fake news. A redação entrou em contato com a instituição mas, no telefone, alguém que se identificou como Papai Noel, pediu para ligar em 31 de fevereiro.