Depois de dar a medalha da Ordem do Rio Branco, uma das maiores condecorações do país, aos três filhos, a Olavo de Carvalo e até a um assessor faz-tudo, Bolsonaro decidiu ampliar as homenagens.

As próximas agraciadas seriam as cinco funcionárias fantasmas que ele mantinha no gabinete, mas elas não apareceram. 
O corpo do Barão do Rio Branco apareceu na China na manhã de hoje após se contorcer milhões de vezes no caixão e furar um buraco através do planeta.
Foram tantas medalhas distribuídas que algumas Queiroz teria sido visto numa feira em Rio das Pedras vendendo cinco por um depósito bancário de 2 mil reais.