O governo anunciou a criação de seu ministério das Fakenews. A pasta imediatamente já é a que mais trabalha e a mais eficiente da administração. Seu último trabalho foi a divulgação de uma notícia fake sobre uma repórter.

Sites de direita divulgaram que a repórter afirma numa gravação que quer arruinar Flávio Bolsonaro, mas ela não diz isso.

O ministério começou a trabalhar ainda na campanha eleitoral. Funcionários da pasta já reclamam porque estão sobrecarregados. O governo prometeu uma mamadeira de piroca a cada um como bônus a cada notícia fake que se espalha.