O presidente Jair Bolsonaro rompeu seu contrato de exclusividade com a Record e só dará e entrevistas ao site xvideos. Bolsonaro fez sua estreia ontem no Twitter postando um vídeo pornô escatológico. Era apenas uma ação viral para promover a nova parceria.

Intrigado com termos usados por internautas para descrever o ato de urinar sobre o outro, Bolsonaro convocou a assessoria do deputado Alexandre Frota, que tem experiência como ator pornô.

O presidente prometeu ainda mais sacanagem na reforma da previdência.