Todo dia é um 7 a 1 diferente. Mas ontem foi especial. O técnico Felipão bateu continência para o presidente eleito, Jair Bolsonaro, na visita ao time depois que a equipe foi campeã.

O presidente recebeu aplausos e vaias em menor número. Bolsonaro foi ao Palmeiras porque é verde e isso remete ao dólar, que remete a Trump.

Bolsonaro só não gritou “Sentido” a porque realmente não fazia sentido algum.