O peito do pé de Pezão foi preso hoje na Operação Trava Língua da polícia federal. Pezão não lavou o pé porque não quis. Ele foi relatado por comparsas por ter recebido uma mesada de R$ 150 mil, além de dois bônus de um milhão.

A defesa de Pezão disse que a acusação não tem pé nem cabeça e não para em pé. Já a polícia diz que Pezão fez seu pé de meia.