O juiz Sérgio Moro aceitou o convite para ser ministro de Bolsonaro e fazer política oficialmente.
 O juiz se reuniu com o presidente eleito hoje pela manhã, no Rio. Segundo Paulo Guedes, o convite fora feito ainda durante a campanha e Moro estava avaliando.

Sua primeira medida será viajar até Curitiba para visitar Lula e agradecer pela seu novo cargo.

O juiz comandará um superministério que terá a missão de combater o crime organizado. Colegas de trabalho vão evitar cruzar com ele pelos corredores.