A revista Veja é a mais nova célula comunista do Brasil. A publicação foi condecorada hoje pelo partidão graças aos seus serviços prestados para derrubar Bolsonaro.

Veja se junta assim a outros veículos que secretamente são comunistas, como o NYT, a Economist e qualquer tipo de imprensa que denunciou Bolsonaro.

A capa desta semana foi fundamental. Uma reportagem da revista mostra o processo de divórcio de Bolsonaro. Sua ex mulher o acusa de ocultar patrimônio, roubar um cofre e ser agressivo.

A revelação chocou os eleitores, já que todo mundo sabia que ele era agressivo.

Bolsonaro provou que entende de economia ao transformar um salário de R$ 30 mil em R$ 4 milhões.