O Brasil fez apenas um chute a gol durante a partida contra a Costa Rica no primeiro tempo – que acabou em 0 x 0.

O motivo não tem nada a ver com falta de qualidade técnica dos nossos atacantes. O fato é que o goleiro Keylor Navas é um filho que Tite teve durante uma passagem pela Costa Rica nos anos 90.

Tite vem tentando se reaproximar do filho e os jogadores ficaram sabendo. Para agradar o professor, o quadrado mágico fez um pacto de não acertar a meta de Navas e agora torce para um gol contra.