Com celulares cada vez mais potentes e com câmeras cada vez melhores, filmar e fotografar eventos importantes de nossas vidas se tornou uma prática comum. Essa prática, no entanto, virou objeto de estudo e foi a responsável por revelações bombásticas pelo NuPAL, o Núcleo de Pesquisas da América Latina.

Analisando dados coletados nos últimos 4 anos, foi possível descobrir que 99,8% das pessoas que filmam um show inteiro para assistir depois não assistem depois. Dessas pessoas, 100% também não assistiram ao show ao vivo, porque estavam preocupados demais com a filmagem.

Há ainda um ramo da pesquisa responsável por mostrar que, se a pessoa passou o show inteiro assistindo pela tela do celular enquanto filmava, era melhor ter ficado em casa assistindo pelo YouTube.