O ex-presidente do STF Joaquim Barbosa usou o Twitter na manhã de hoje (terça, 8 de maio) para dizer que não será candidato à presidência. Ele vinha conversando com o PSB há semanas.

Joaquim, que sente muitas dores na coluna, decidiu não ter também na cabeça. Uma das condições que ele impôs ao PSB era se eleger sem vice – porque, como ex-STF, sabe que o tribunal sempre dá uma forcinha quando o Congresso decide trocar o eleito pelo não eleito para a presidência.

Inicialmente, suas constantes mudanças de opinião a respeito da disputa levou analistas a acharem que ele estava interessado nos apoiadores de Marina Silva.

O ex-quase-candidato anunciou que seu próximo passo é seguir a trajetória de Luciano Huck. “Vou começar como coleguinha do Caldeirão e subir meritocraticamente até a posição máxima”, diz.