O mundo se surpreendeu com as imagens calientes das investidas de Donald Trump sobre o jovem presidente francês Emmanuel Macron. Foram beijos, abraços, mãos bobas e falas ao pé do ouvido.

Quando soube que o presidente francês o visitaria, Trump perguntou a assessores se a mulher dele “era gata”. Ao saber que a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, tem 65 anos, Trump não pensou duas vezes: partiu para cima do marido, que tem apenas 40.

Segundo assessores, Trump é capaz de fazer qualquer coisa para não ficar na presença de uma mulher com mais de 50 anos, até mesmo abrir espaço para a homossexualidade.

Toda a situação fez Trump mexer na política internacional da Casa Branca. Ele ordenou que EUA e Brasil tenham relações mais próximas até o fim do ano. “Não posso perder a oportunidade de conhecer essa Marcela”, teria dito ele.