Praticamente obrigados a tomar uma atitude diante da precária malemolência da atual geração de jogadores, Vampeta, Túlio Maravilha e Dadá Maravilha se uniram para ministrar o curso “Tirando a Camisa”.

O objetivo é retomar o futebol de verdade. Aquele dos dribles fenomenais, da fome de bola, do jogo de primeira fase que é encarado como final e dos jogadores que não param de jogar para ajeitar o cabelo no telão.

As aulas serão ministradas pelos três craques que estão empolgados com a oportunidade de serem ”professores” fora das quatro linhas e de compartilharem sua experiência. “Nunca vi uma chuteira colorida ganhar jogo”, disse Vampeta, mestre das roubadas de bola e cambalhotas na rampa do Planalto. “Nossa aula é baseada no programa ‘Menos Carrão e Mais Carrinho’ desenvolvido pelo mestre Dadá Maravilha”.

Categórico, Dadá completa: ” Zagueiro que tira selfie não tira bola da área”.

De início, o curso terá duas turmas em São Paulo. “Querendo ou não, hoje em dia está faltando gol e sobrando coraçãozinho com a mão”, disse Túlio Maravilha. “Fiz mais de mil gols e não fiz nenhum desses”.

Vampeta diz que distribuirá créditos a alunos que criarem apelidos “maneiros” para si próprios. “Meu nome em sala de aula, por exemplo, não é Marcos André. É Vampeta.”

Esse curso bem que poderia existir, mas é uma brincadeira promovida pela cerveja Kaiser em sua campanha “Pela Volta do Futebol de Verdade” que convoca os ex-jogadores Túlio Maravilha, Vampeta e Dadá Maravilha a resgatarem os velhos tempos do esporte. Para ver os três craques dando aula de bom humor na campanha, assista aqui:

http://bit.ly/2qSXbVThttp://bit.ly/2qSXbVT

Informe Publicitário
Beba com moderação