De acordo com uma entrevista publicada pelo jornal italiano “La Repubblica”, o Papa Francisco disse que “o inferno não existe”. Segundo o jornal, o Papa, no entanto, confirmou a existência do Brasil de 2018. “Quase a mesma coisa”.

“É ano de eleição no Brasil. Pessoas ligadas à política estão sendo assassinadas, uma série da Netflix sobre a Lava Jato está causando um auê danado, Temer deve disputar a reeleição, Bolsonaro tá aí também… É quase a mesma coisa e se olhar com cuidado, pode até ser pior” teria dito o Santo Padre.

O Vaticano desmentiu a afirmação e disse que o Papa recebeu o jornalista em um encontro privado e que não se tratava de uma entrevista e pediu que as aspas no artigo sejam desconsideradas. “Exceto a parte que fala do Brasil 2018. Essa parte é real mesmo” diz o comunicado.