O Comitê Olímpico Internacional continua tendo problemas com brasileiros que, empolgados com os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, tentam de todo jeito participar da festa antes de seu fim.

O último caso foi o de um grupo de amigos brasileiros que desembarcou em PyeongChang com três barris de chope e um documento assinado por um juiz dizendo que, por varrerem a cozinha de suas casas diariamente, eles teriam direito a uma vaga no curling.

“Passamos um tempão treinando num campo de bocha lá perto de casa “, disse o analista de sistemas Renan Santos. “Cada um tomava cinco garrafas de cerveja e depois ficava gritando com a chaleira até ela parar no lugar certo”

O COI esclarece a brasileiros que descer morro na roça em folha de bananeira ou caixa de papelão não classifica para o luge ou o bobsled e que assistir a cobertura do SporTV e entender as regras não dá direito a se inscrever para a vaga de árbitro.