Os ex-governadores do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho e sua mulher, Rosinha Matheus, foram presos na manhã de hoje pela Polícia Federal. As prisões fazem parte da ‘Operação Chequinho’ da PF, que investiga o uso eleitoral do programa ‘Cheque Cidadão’. Garotinho, no entanto, levou um susto ao descobrir que não estava preso.

“Garotinho, bem como 90% da população brasileira, também achava que já estava preso e a visita da PF causou surpresa ao ex-governador” disse uma testemunha presente no local, na hora da prisão.

A defesa de Garotinho também alega que ele já estava preso.

Garotinho agora se junta ao time de outros dois ex-governadores, o presidente da Alerj e 5 ministros do TCE, todos presos. É provável que até dezembro o Rio de Janeiro seja governado diretamente de dentro de um presídio.

Com três ex-governadores presos, o Estado do Rio de Janeiro já pode pedir música no Fantástico.