O mundo acordou hoje um pouco atrasado, depois de dormir um sono leve e inquieto nesta madrugada, segundo testemunhas. Pessoas de todo o planeta abriram os olhos com esperança de que o dia de ontem tivesse sido um pesadelo horrível.

“Eu acordei e fui logo no celular. Em vez de descobrir que foi um pesadelo, o número de vítimas tinha passado para 59”, diz um ser humano.

Outra pessoa que acordou assustada ouviu no rádio uma música de Tom Petty e sentiu uma ponta de alívio. “Logo depois, o radialista falou que a morte dele havia sido confirmada”, diz.

Os EUA já anunciaram uma medida radical para evitar a escalada dos números de massacres com armas automáticas. Após um homem levar 23 rifles de assalto para um quarto de hotel sem ser incomodado, esse tipo de arma só será vendido para quem se comprometer, por escrito, a matar menos de dez pessoas em massacres.

“Não podemos bater um novo recorde de mortes”, disse Donald Trump.