O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva já começou a fazer um bom ambiente entre os futuros colegas. Ele prestou solidariedade ao ex-governador Garotinho, preso e impedido de dar entrevistas.

Lula afirmou que a proibição é arbitrária. O posicionamento de Lula levou manifestantes aos portões da Papuda, onde foi cantado o jingle Lula Lá.

Garotinho esperneou e chorou mas a mãe não ouviu.