O deputado Federal Granoaldo Pereira está na lista dos indecisos da votação que vai definir o destino do presidente Michel Temer. Granoaldo levou um milhão de reais e não sabe se vota para Temer ficar, permanecer ou não sair.

“São muitas opções e tenho que ouvir as bases para saber o que eles realmente querem. É muita agonia. Estou contando as horas para a votação. E o dinheiro também”, disse ele.

A Câmara deve decidir na quarta feira se Temer será afastado do cargo para ser julgado ou não. O governo deve contar com a bancada evangélica e com a bancada da bala. Bala na agulha.