Durante a cerimônia de entrega de caminhões de lixo no município de Salinópolis, no Pará, o deputado Wladimir Costa roubou a cena. Vestindo uma regata amarela e bermuda jeans, o deputado que ficou famoso ao estourar uma bomba de confete durante a votação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, ele agora chamou a atenção por uma tatuagem bem específica em seu ombro direito. O nome de Temer com uma bandeira do Brasil agora estampam o corpo do deputado.

Ele, que foi cassado pelo TRE, mas continua exercendo o mandato até o recurso no TSE, ainda estava com uma latinha de cerveja no bolso e atribuiu a homenagem ao “melhor presidente da história do Brasil. O único estadista que apareceu neste país”. A obra custou R$ 1.200.

Infelizmente nenhuma das informações acima fazem parte de uma notícia do Sensacionalista.

O deputado, procurado por nossa redação, disse que a tatuagem seria uma forma mais simples de fazer a identificação e contagem dos deputados que são, agora, propriedade do presidente Michel Temer, que estaria preparando um ferro de marcar boi personalizado para cada partido.

Veja a foto da tatuagem:

01