O cantor Justin Bieber causou revolta entre seus fãs após cancelar os últimos 14 shows de sua turnê mundial. De acordo com o site TMZ, a Purpose Tour foi cancelada para que Bieber pudesse “se dedicar a Cristo” e a decisão teria sido tomada após o cantor ter se aproximado da igreja australiana pentecostal Hillsong, que também é frequentada por outros famosos, como Nick Jonas e Vanessa Hudgens. Jesus, no entanto, negou o envolvimento.

De acordo com Jesus Cristo, que morreu para que todos os pecados da humanidade fossem perdoados, “ajudar a espalhar a música Despacito por todo o mundo não faz parte do pacote”. Ele disse ainda que “é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que Despacito tocar no reino de Deus”.

Deus, pai de Jesus, estaria preocupado com uma possível aproximação entre os dois.

“Jesus é um menino bom, nunca fez nada de errado. Imagina só se, depois de se envolver com Bieber, ele aparece andando acima da velocidade permitida, pichando muro ou cuspindo em fiéis? Acho melhor que os dois não sejam amigos” disse o Todo Poderoso.

O agente de Bieber pediu desculpas aos fãs, mas disse que a “alma e bem-estar” dele são as maiores prioridades no momento. A alma do cantor, no entanto, foi vista em um bar batendo em um segurança e garantiu não ter nada a ver isso.