Lula aproveita que recorrerá em liberdade para se filiar ao PSDB

Condenado pelo juiz Sérgio Moro a 9 anos e seis meses de prisão, por corrupção ativa e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá, Lula não será preso. A sentença de Moro não determina a prisão do ex-presidente, que recorrerá em liberdade e, caso tenha a sentença confirmada em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, poderá, então, cumprir pena.

Lula, no entanto, foi visto caminhando em direção à sede do PSDB, onde pretende assinar uma ficha de filiação ao partido para não ser preso.

“Funcionou com o Aécio, quem sabe?” teria dito Lula, conforme testemunha.

Lula poderá ainda, caso condenado, cumprir a pena em prisão domiciliar, mas não sabe ainda na casa de qual amigo.