Jovem entra em réplica do Orkut e descobre que é menos confiável, legal e sexy que anos atrás

O jovem Gabriel Guimarães, de 22 anos, teve uma surpresa desagradável na manhã de hoje. Depois de ver que muitos de seus amigos haviam criado uma conta num site réplica do antigo Orkut, ele resolveu se cadastrar também no site. Porém, Gabriel acabou se arrependendo da decisão após descobrir que é menos confiável, legal e sexy hoje em dia do que na época do Orkut original.

“Nunca tive uma avaliação muito alta em “sexy”, mas pelo menos em “legal” e “confiável” eu tinha 75% de pontuação. Agora que voltei para o Orkut, estou com 50% em tudo. Isso acabou com minha autoestima”, disse Gabriel, que decidiu sair novamente do Orkut e se cadastrou no Google Plus.

Já Jéssica Azevedo, de 19 anos, se cadastrou hoje na réplica do Orkut e já brigou com oito amigos que visitaram seu perfil sem deixar um “scrap”.