O cientista político Eurípedes Carvalho, da Universidade de Lisboa e especialista em América Latina, Impeachment e Mixed Martial Arts afirmou nesta quarta-feira que a iminente queda de Michel Temer não seria um “golpe”, mas “legítima defesa”.

“É nítido que ele fez o primeiro contato ao dar o primeiro golpe na ética recebendo o Joesley no porão e falando de propina”, disse Carvalho.

Maia disse que como Temer é tem estatura muito menor que ele, teme um golpe baixo na disputa que vai se seguir nos próximos dias.