O juiz Sérgio Moro quer saber o que duas setas vermelhas faziam no sítio que seria de Lula. As setas não estavam lá originalmente e podem ter sido construídas pela OAS.

As fotos do encontro entre o ex-presidente e o empreiteiro Leo Pinheiro foram anexadas ao processo do triplex como forma de provar que Lula tinha relação com o empreiteiro.

Uma testemunha disse que as estavam mal colocadas e caíram, atingindo a cabeça de um segurança.  Para a PF, a cor das setas mostram que elas eram petistas.