A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com Habeas Corpus pedindo o cancelamento do depoimento ao juiz Sérgio Moro na próxima quarta-feira.

Segundo os advogados, Lula não poderia depor porque não é testemunha de nada. “Ele não sabe nem onde fica Curitiba, nunca lhe disseram. Se alguém criou uma cidade chamada Curitiba e a populou, foi sem sem conhecimento”, disse o advogado.

A defesa de Lula quer passar o depoimento de quarta para o quarto mandato do presidente. “Ali por 2023 está bom”, completou.