Um homem precisou deixar uma obra de arte de 1,5 milhão de euros num táxi, depois de tentar pagar a corrida com uma nota de 50 e o taxista não ter troco. O caso aconteceu em Paris na última sexta-feira. Depois de passar os vinte minutos da viagem relatando como fez uma suruba com duas turistas dinamarquesas e uma russa, o taxista alegou que estava começando a corrida naquela hora e não tinha troco. O passageiro, que levava a obra de arte, acabou sendo obrigado a deixar o quadro como pagamento.

Inicialmente, o taxista não queria aceitar o quadro, que lhe parecia apenas uma tela branca rasgada. Mas depois pensou que poderia dar para sua filha de quatro anos desenhar em cima, em vez de estragar as paredes, e aceitou como pagamento.

Agora, o passageiro tenta recuperar a obra levando todo o valor da viagem em moedas, trocadinho, para o local de encontro com o taxista. O problema é que, como pegou um Uber, não consegue chegar lá.