O crescente número de trabalhadores que defendem reformas trabalhistas que tiram direitos fez a Nat Geo destacar uma equipe para vir ao Brasil.

“Conseguiram transformar a greve em coisa apenas de esquerda e sugou esse ser raro que defende o patrão. Não é todo dia que vemos o pobre de direita”, disse um repórter do canal.

A equipe vem tentar gravar o canto do pobre de direita, que pouco tempo depois se transforma em choro ao perceber o quanto estava equivocado.

A esperança dos documentaristas é registrar também a livre negociação, um momento em que o mais fraco é engolido pelo mais forte, exatamente como nos filmes sobre leões.