O ator José Mayer ficou empolgado após apoio maciço do público fez com que o BBB Marcos não fosse expulso do programa.

Marcos protagonizou cenas de agressão verbal e física contra sua namorada no confinamento, a gaúcha Emilly. A produção deu a ela o poder de decidir se se incomoda ou não com as agressões a ponto de interromper o jogo. Marcos acabou ficando na casa numa votação realizada ontem com 77% da preferência popular.

“Com todos os seus fãs que o apoiam, acho que ele passaria dos 90% de votos para ficar”, disse um assessor de José Mayer. “Se perguntassem às vítimas das suas ‘brincadeiras machistas’ se ele deveria ou não ser retirado da TV antes da polêmica toda, nenhuma pediria para ele sair. Acho que faltou para o Zé enfiar o dedo na cara de uma mulher, torcer seu pulso e bater com sua cabeça no chão para o povo gostar mais dele.”