Para celebrar o dia internacional de luta pelos direitos da mulher, o Facebook está testando um sistema de cruzamento de dados capaz de se comunicar com outra grande rede administrada pela empresa, o Whatsapp. Se o algorítimo detectar que o mesmo usuário que postou “parabéns, mulheres” fica enviando piadas machistas no Whatsapp, o post será imediatamente apagado.

A medida faz parte de um alerta anti hipocrisia e pretende conscientizar os homens de que respeito é pra se ter todos os dias do ano e não só no dia 8 de março.

O Facebook também está procurando uma maneira de evitar que imagens e gifs bregas com buquês de rosa, que ainda estejam em circulação desde 1998, sejam enviados no Whatsapp, Facebook e Instagram.