O cantor Biel reapareceu na mídia para dar um “restart” na carreira no programa Raul Gil no último sábado. Há seis meses, ele foi processado por ameaçar uma jornalista de estupro durante uma entrevista. Logo após o caso, dezenas de seus tweets com conteúdo racista, homofóbico e machista vieram à tona e ajudaram a interromper a carreira do jovem. Raul Gil disse que o caso foi apenas “um constrangimento” e “uma brincadeira”. Ele também conseguiu afirmar que no seu tempo “teria entrado em vários balaios de gato” porque é “o rei da brincadeira”.

Após dizer isso, Raul Gil pegou o ídolo no colo e deu de mamar a ele. Em seguida, Raul passou meia hora fazendo cafuné na cabeça de Biel e pediu para que as mulheres do estúdio fizessem uma fila para pedir desculpas a ele por existirem. “Não vamos deixar que uma ameaçazinha de estupro e anos e anos de brincadeiras saudáveis como chamar negros de ‘pretos fedidos’ e rebaixar homossexuais e mulheres interfira na vida desse garoto maravilhoso. Saindo daqui vamos jogar ovo em travesti na rua Augusta, meu lindo”, disse Raul.

Após a repercussão negativa da retomada de sua carreira, Biel foi obrigado a pedir desculpas pelo pedido de desculpas de Raul Gil.

“O Raul falar que foi uma brincadeira era brincadeira, não levem a sério. Ele é só um velho decrépito como todos os velhos kkkkk”, disse Biel.